logotipo azul
Search
Close this search box.

Ureterocele: Sintomas e Tratamentos

Redação Destaque Saúde

Redação Destaque Saúde

Índice do conteúdo

Olá, leitor! Ureterocele é um distúrbio congênito que afeta os rins e é caracterizado pela dilatação do ureter, o canal de passagem de urina desde o rim até a bexiga. É mais comum em recém-nascidos e crianças, mas também pode afetar adultos.

O diagnóstico é realizado através de exames de imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Estes exames permitem identificar a presença de dilatação do ureter, bem como qualquer outra anormalidade nos rins.

O tratamento mais recomendado para ureterocele é a cirurgia para corrigir a anormalidade.

Esta cirurgia pode ser realizada com a abertura da bexiga e da pelve renal para permitir o acesso ao ureter, ou através de uma endoscopia para remover o ureterocele.

Além da cirurgia, o tratamento da ureterocele inclui o uso de antibióticos para prevenir infecções e o controle de sintomas, como dor abdominal e dificuldade em urinar.

Se o ureterocele não for tratado, pode levar a complicações sérias, como infecção renal, insuficiência renal e até mesmo câncer renal.

Portanto, se você suspeitar que algum membro da sua família possa ter ureterocele, é importante procurar ajuda médica imediatamente para realizar os exames adequados e iniciar o tratamento adequado.

Esperamos ter ajudado a esclarecer o que é ureterocele e como ele é tratado. Se você tiver alguma dúvida, não hesite em consultar o seu médico.

A ureterocele é uma dilatação anormal do ureter, que pode formar uma protuberância em forma de bola na bexiga.

Essa protuberância pode dificultar a passagem da urina e causar sintomas como dor ao urinar, vontade frequente de urinar e infecções urinárias.

A ureterocele pode afetar um ou ambos os ureteres, e pode ser congênita ou adquirida.

O que é Ureterocele?

A ureterocele é uma anomalia congênita do trato urinário, que afeta principalmente as mulheres.

Ela ocorre quando o ureter (o tubo que transporta a urina dos rins para a bexiga) se dilata e forma uma espécie de bolsa ou saco.

Essa dilatação pode ocorrer em qualquer ponto do ureter, mas é mais comum na sua parte inferior, perto da entrada da bexiga.

A ureterocele pode ser classificada como primária ou secundária. A ureterocele primária é congênita e está presente no nascimento.

Já a ureterocele secundária é adquirida, geralmente após uma cirurgia urológica ou devido a uma obstrução do ureter.

Quais os tratamentos para Ureterocele?

O tratamento da ureterocele depende da sua gravidade e sintomas apresentados.

Em casos leves, em que não há sintomas ou apenas sintomas leves, pode ser necessário apenas um acompanhamento médico regular.

Em casos mais graves, podem ser necessários procedimentos cirúrgicos.

A cirurgia para ureterocele pode ser realizada por diferentes técnicas, como a incisão endoscópica da ureterocele ou a remoção completa do ureterocele e reimplantação do ureter na bexiga.

A escolha da técnica cirúrgica dependerá da localização, tamanho e gravidade.

O que causa Ureterocele?

A ureterocele primária é causada por uma falha no desenvolvimento fetal do trato urinário.

Já a secundária pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo infecções urinárias de repetição, obstrução do ureter, cistos renais e cirurgia prévia.

Como evitar Ureterocele?

A ureterocele primária não pode ser evitada, já que é uma anomalia congênita.

No entanto, algumas medidas podem ajudar a prevenir a secundária, como a prevenção e tratamento adequado de infecções urinárias, evitar obstruções do ureter e manter uma boa saúde renal.

É importante também manter uma boa higiene íntima e evitar práticas sexuais que possam favorecer o surgimento de infecções urinárias.

Além disso, é recomendado procurar um médico especialista em caso de sintomas como dor ou ardência ao urinar, necessidade frequente de urinar ou presença de sangue na urina.

A ureterocele pode estar associada a outros problemas do trato urinário, como cistite e infecções urinárias de repetição.

Por isso, é fundamental procurar um tratamento adequado e seguir as recomendações médicas para evitar complicações e garantir uma boa qualidade de vida.

A ureterocele pode ser assintomática em alguns casos, mas quando apresenta sintomas, pode causar dor na região lombar, dor durante a micção, infecções urinárias de repetição, incontinência urinária e até mesmo retenção urinária.

É importante que os pacientes com ureterocele recebam acompanhamento médico regular para prevenir complicações e garantir uma boa qualidade de vida.

Conclusão

A ureterocele é uma anomalia congênita que afeta o trato urinário e pode causar sintomas como dor e infecções urinárias de repetição.

O tratamento depende da gravidade e sintomas apresentados, podendo ser necessário apenas acompanhamento médico regular ou procedimentos cirúrgicos.

Para prevenir a ureterocele secundária, é importante manter uma boa saúde renal, prevenir e tratar infecções urinárias adequadamente e buscar tratamento médico em caso de sintomas.

Com um diagnóstico precoce e tratamento adequado, é possível controlar os sintomas e evitar complicações.

Redação Destaque Saúde

Descubra os produtos Longy Health

Pensando em você!

Uroalívio Feminino 60 Capsulas

O Uroalivio está em cápsula elaborada com Cranberry em pó, fruto com alta concentração de vitaminas A e E, além de antioxidantes, flavonoides e ácido fólico, conhecidos por seu potencial no trato urinário.

Saiba Mais

Uroalívio For Men 60 Capsulas

O Uroalivio está em cápsula elaborada com Cranberry em pó, fruto com alta concentração de vitaminas A e E, além de antioxidantes, flavonoides e ácido fólico, conhecidos por seu potencial no trato urinário.

Saiba Mais

Doenças, condições, sintomas e Tratamentos mais consultados

Leia mais sobre esses assuntos.

Matérias relacionadas

Leia mais sobre esses assuntos.

O Que é Desmame e Como Fazer?

Descubra tudo sobre desmame neste conteúdo imperdível! Aprenda como fazer o desmame de forma tranquila

Como manter a amamentação depois da licença-maternidade?

A amamentação é um elo mágico entre mãe e bebê, proporcionando não apenas nutrição, mas

Atividade Física e Bem-Estar

Caro leitor, é um prazer explorar o impacto da atividade física e bem-estar em nossa

Como Regular o Sono: Importância e Tempo Ideal

O sono desempenha um papel crucial na nossa saúde e bem-estar. Quando dormimos bem, nosso

Sono Profundo: Como Ter, Alimentos, Tempo e Bebida para Dormir!

O sono é uma parte fundamental da nossa vida. É durante o sono que nosso

Higiene do Sono: O que é? Causa, Como Fazer e Principais Medidas!

Caro leitor hoje vamos falar sobre higiene do sono. Você já se pegou rolando na