logotipo azul
Search
Close this search box.

O Que é e Como Tratar Corrimento Amarelo?

Redação Destaque Saúde

Redação Destaque Saúde

Como tratar corrimento amarelo
Índice do conteúdo

Desceu um corrimento amarelo e não sabe o que é ou o que fazer? Fique calma! 

Escrevi este artigo para que você possa ficar mais atenta às causas do corrimento vaginal amarelado.

Hoje você vai aprender:

  • O que é corrimento amarelo?;
  • Principais causas do corrimento vaginal amarelado;
  • Causas menos comuns;
  • O que fazer para não ter corrimento?;
  • Como tratar o corrimento amarelo?

Veja melhor abaixo:

O que é corrimento amarelo? 

O corrimento amarelo não é necessariamente um sinal imediato de um problema vaginal, ainda mais se estiver com uma cor amarela clara. 

Esse tipo de corrimento é comum em algumas mulheres, ainda mais quando estão em período de ovulação.

Porém, se o corrimento vier com um aspecto amarelado e com mal odor ou algum tipo de coceira na vagina tendo dores ao urinar é algo para se preocupar.

É muito importante que toda vez que houver algo de errado com a sua saúde vaginal, procure um ginecologista para que um diagnóstico seja feito. 

E, se der positivo, é preciso iniciar rapidamente um tratamento direcionado por um especialista para que a infecção saia o mais rápido possível e não provoque danos.

Principais causas do corrimento vaginal amarelado

O corrimento vaginal amarelado não surge simplesmente do nada na mulher. Existem causas que contribuem ou que são a causa total da infecção.

Sabendo disso, o Site Destaque Saúde decidiu trazer as principais causas para que você aprenda quais são. Veja abaixo:

Tricomoníase

Conhecida por ser uma IST, infecção sexualmente transmissível, a tricomoníase pode ser a causa do seu corrimento vaginal amarelado

Além do corrimento, há cheiro forte, vermelhidão na região e dor ao urinar.

Clamídia

Também conhecida por ser um IST, a clamídia surge devido à bactéria Chlamydia trachomatis. 

Ela causa dor ao urinar, sangramento durante a relação sexual e fora do período menstrual, dor pélvica e o corrimento vaginal amarelado.

Gonorreia

Causada por causa da bactéria Neisseria gonorrhoeae, a gonorreia pode passar de parceiro para parceiro através de relação sexual sem o uso de preservativos. Assim como as demais infecções, ela causa corrimento vaginal de cor amarela também.

Uretrite

A uretrite pode surgir por causa de uma infecção ou de um traumatismo da uretra. Por isso que surge mais em mulheres que não cuidam da região genital e que possuem infecções urinárias com frequência. 

Doença inflamatória pélvica

A DIP, por sua vez, é uma infecção dos órgãos reprodutores femininos que normalmente começa na vagina e se estende até o útero.

Essa infecção faz com que apareça o corrimento amarelado, febre alta, dor abdominal e sangramento vaginal, em alguns casos.

É de suma importância ter em mente que é preciso ir ao médico especializado para fazer uma avaliação e um diagnóstico completo.

Caso o resultado der positivo para alguma infecção, é necessário iniciar um tratamento imediatamente.

Não tome medicamentos ou passe pomadas sem falar com seu médico antes. 

Pois, ao ingerir ou aplicar qualquer substância imprópria, é possível que haja pioramento da infecção na mulher.

Causas menos comuns do corrimento amarelado

Anteriormente, citei as causas mais comuns, porém, não existem só elas. 

Caso o corrimento amarelado seja persistente e não houver causas identificadas, o médico vai poder pensar nas seguintes alternativas abaixo:

  • Infecção pelo verme oxiurus;
  • Câncer do colo do útero;
  • Infecção pelo HPV;
  • Alergia ao sêmen (causa rara);
  • Herpes genital;
  • Vulvovaginite pela bactéria Streptococcus;
  • Doença inflamatória pélvica;
  • Corpo estranho retido dentro da vagina.

O que fazer para não ter corrimento?

É sempre bom se cuidar para que você não fique com esse corrimento amarelo e, muito menos, sofra com ele.

Para que isso não ocorra, é válido manter uma boa higiene íntima, todos os dias, de 1 a 2 vezes.

Antes de tudo, lave a região com bastante água e apenas 1 gota de sabonete. Jamais esfregue de modo exagerado.

Após lavar, seque com cuidado e vista uma calcinha, de preferência, de algodão.

Por mais que o tratamento possa mudar de pessoa para pessoa conforme a causa do corrimento, há algumas dicas importantes para serem seguidas em todos os casos.

Uma das dicas mais importantes é: o parceiro precisa realizar o tratamento, por mais que não apresente sintomas. 

Isso evita que a pessoa acabe se contaminando outra vez.

Além desse cuidados, há outros que ajudam a evitar que haja corrimento amarelo promovido por infecções, que são:

  • Sempre fazer o uso de camisinha para não contaminar o parceiro;
  • Vestir roupa íntima de algodão, pois é um material que não provoca irritação;
  • Não realizar lavagens com duchas na vagina, pois elas tiram a camada bacteriana da região que tem o objetivo de combater infecções;
  • Evitar usar calças ou shorts muito apertados. Prefira vestir saias ou vestidos para para que a região fique arejada;
  • Não fazer o uso de sprays ou perfumes de higiene íntima, porque podem alterar o pH vaginal.

E como mais uma dica para combater o corrimento amarelo é evitar a utilização de absorventes internos. Sempre prefira os que são externos.

Como tratar o corrimento amarelo?

Se porventura, mesmo tomando cuidado e seguindo nossas medidas preventivas, houver surgimento do corrimento amarelo, procure seu médico. 

Até porque, essa infecção pode ser ocasionada por várias razões e é impossível dizer qual o melhor tratamento sem uma análise e diagnóstico médico.

Dentre os tratamentos mais comuns, estão:

  • Uso de medicamentos orais;
  • Cremes para combater a infecção;
  • Antibióticos; e
  • Pomadas antifúngicas.

“Ah, mas qual remédio eu devo tomar e qual creme usar?”. 

Assim como foi mencionado anteriormente, é preciso procurar um médico especializado para que essas informações sejam ditas com máxima precisão.

Jamais se medique sozinha, principalmente se estiver grávida.

Espero que você tenha entendido mais sobre o que é, causas e como tratar o corrimento amarelo que surge no sistema genital feminino.

Acompanhe os demais artigos presentes no blog e conheça ainda mais sobre a Saúde da Mulher.

Faço um convite para você continuar em no maior blog sobre sistema urinário na internet.

Redação Destaque Saúde

Descubra os produtos Longy Health

Pensando em você!

Uroalívio Feminino 60 Capsulas

O Uroalivio está em cápsula elaborada com Cranberry em pó, fruto com alta concentração de vitaminas A e E, além de antioxidantes, flavonoides e ácido fólico, conhecidos por seu potencial no trato urinário.

Saiba Mais

Uroalívio For Men 60 Capsulas

O Uroalivio está em cápsula elaborada com Cranberry em pó, fruto com alta concentração de vitaminas A e E, além de antioxidantes, flavonoides e ácido fólico, conhecidos por seu potencial no trato urinário.

Saiba Mais

Doenças, condições, sintomas e Tratamentos mais consultados

Leia mais sobre esses assuntos.

Matérias relacionadas

Leia mais sobre esses assuntos.

O Que é Desmame e Como Fazer?

Descubra tudo sobre desmame neste conteúdo imperdível! Aprenda como fazer o desmame de forma tranquila

Como manter a amamentação depois da licença-maternidade?

A amamentação é um elo mágico entre mãe e bebê, proporcionando não apenas nutrição, mas

Atividade Física e Bem-Estar

Caro leitor, é um prazer explorar o impacto da atividade física e bem-estar em nossa

Como Regular o Sono: Importância e Tempo Ideal

O sono desempenha um papel crucial na nossa saúde e bem-estar. Quando dormimos bem, nosso

Sono Profundo: Como Ter, Alimentos, Tempo e Bebida para Dormir!

O sono é uma parte fundamental da nossa vida. É durante o sono que nosso

Higiene do Sono: O que é? Causa, Como Fazer e Principais Medidas!

Caro leitor hoje vamos falar sobre higiene do sono. Você já se pegou rolando na